Ritos


AMACI

O amaci é um rito de iniciação, que tem como objetivo estabelecer e firmar o "Orí" (corta/cabeça) do médium com o seu Orixá. É realizado também de uma forma periódica para os filhos, com o objetivo de fortalecimento e renovação de sua conexão com seu Orixá. Consiste num ritual que usa as ervas dos Orixás trabalhadas energicamente para a lavagem da cabeça do médium.

Na casa do Vô Benedito, por tradição herdada do terreiro Pai Maneco, o banho de ervas é feito coletivamente, ou seja, é preparado com todas ervas dos Orixás pois, como já dito, todos nós temos a força dos Orixás dentro de nós. Não se faz a utilização de bebida alcoólica nos banhos, tampouco se utiliza sangue.


PREPARAÇÃO

É um dia especial, que deve ter uma preparação anterior com 3 dias de preceitos.

  • O que fazer:

    • Cultivar bons pensamentos;

    • Boas atitudes;

    • Recolhimento interior (meditar, ouvir pontos, mantras, caminhar, etc.).

  • O que não fazer:

    • O uso de substâncias psicoativas;

    • Ingestão de carne;

    • Atividade sexual.

No dia do Amaci, procurar também não tocar com as mãos outras pessoas e tomar banho de descarrego.


MATERIAL

  • Guia de seu Orixá de Cabeça (se tiver de proteção, Oxalá e do Adjuntó, trazer também);

  • Um lenço de cabeça da cor branca (opcional a borda na cor de seu Orixá);

  • Uma quartinha pequena de barro (ver modelo no terreiro – Orixá masc/fem (alça));

  • Uma vela número 3 da cor de seu Orixá;

É opcional o uso de faixa da cor de seu Orixá e do Otá (pedra)

GIRA DE MATA

Acontece uma vez por ano, geralmente em meados de abril ou maio. Na casa do Vô Benedito, é na gira de mata que se realiza o ritual do amaci.

É uma forma de todos os médiuns entrarem em contato com a energia e reverenciar todos os Orixás. Por isso, são preparados amalás coletivos, representando todas as forças da casa, embora seja solicitado que cada médium contribua com os alimentos de seus respectivos Orixás de frente. Para os amalás, também não é utilizada carne animal.

É também um momento de reenergização e reconexão com as forças ligadas ao Orí do médium.

GIRA DE PRAIA

Acontece em dezembro, sendo a última gira do ano, significando um fechamento de ciclo. Geralmente, são trabalhadas todas as linhas da casa. É realizada vibração (passe) das entidades para a assistência, porém, excepcionalmente, não são realizadas consultas.

Tradicionalmente, a gira de praia é realizada como uma oferenda à Iemanjá. Na casa do Vô Benedito, o trabalho é feito também visando a limpeza, a renovação e o descarrego através da energia deste Orixá pelas águas do mar.